terça-feira, 9 de junho de 2009

Entrevista em processos seletivos

A entrevista é de suma importância e, muitas vezes, constitui a principal etapa de um processo seletivo, pois é através dela que você terá a oportunidade de 'vender o seu peixe' e mostrar ao (s) entrevistador (es) que você merece tal vaga ou que determinado acordo seja fechado.


Praticamente todos os processos de seleções de candidatos possuem a famosa entrevista, que consiste em um processo de comunicação, normalmente entre duas pessoas, de forma que uma das partes está interessada em conhecer melhor as potencialidades de outra.

Para que fiquemos um pouco mais informados sobre este tema, você encontrará a seguir dicas e informações importantes sobre como preparar-se e comportar-se em entrevistas.

A primeira impressão é a que fica


Há os que defendem essa ideia em totalidade. De qualquer forma, essa informação ainda é muito válida, pois uma relação significativa de simpatia ou não poderá acontecer do entrevistador para com você, onde o que irá moldar isto será a forma como você estará vestido, seu humor, sua abordagem na maneira de se comunicar. Em uma conversa comum, os primeiros segundos podem ser suficientes para uma pessoa formatar uma primeira impressão, uma imagem sobre você. Portanto, vista-se bem, cuide na higiene pessoal, não use perfumes fortes, use roupas discretas e adequadas ao perfil do cargo pretendido, fale bem, seja educado, etc. Fique atento e busque passar uma boa imagem. Se você falhar, é bem provável que será difícil ter uma segunda chance de causar uma primeira impressão.

Boa comunicação é essencial

A sua maneira de se apresentar e comunicar-se com o interlocutor, poderá definir seu desempenho na entrevista, pois a comunicação envolve diversas variáveis (dicção, oratória, negociaçao, objetividade, coerência e linguagem corporal, por exemplo), que permitirão ao entrevistador experiente avaliar muitas informações sobre o seu perfil. Detalhes como olhar nos olhos, demonstrar segurança e objetividade no discurso, incrementam o seu processo de comunicação.

Perguntas mais comuns

Em processo seletivos mais elaborados, os entrevistadores fazem uso de diversas técnicas, buscando obter o máximo de informações suas. Contudo, as pequenas e simples perguntas, embora para muitos sejam as mais difíceis de serem respondidas, ainda são frequentes em entrevistas. Veja alguns exemplos:

Suponhamos um candidato cujo nome seja Dante.

Quem é Dante? Quais os seus pontos fortes, Dante? Quais os seus pontos fracos? Por que você pretende fazer parte de nosso grupo? Se está saindo de um emprego, qual o motivo para tal movimentação? Como você se imagina daqui há cinco anos?

Em todas as respostas para essas perguntas, é importante que esteja presente a sinceridade. Mentir é um dos piores pecados que se comete em uma entrevista.

Perguntas sobre você não têm um autor melhor para resondê-las, senão você! Experimente exercitar-se, fazendo uma auto-avaliação de seu perfil pessoal e profissional, sobre o que você quer da vida. Tenha uma missão em sua vida, elabore um planejamento sobre como você pretende está daqui a 3 ou 5 anos, sobre quais são as suas realizações pessoais e profissionais para um longo prazo.

Incrementando sua entrevista e outras informações

1. Busque saber sobre a empresa com a qual pretende se envolver, bem como sobre o cargo almejado. Informe-se através de sites, funcionários, etc.
2. Olhe nos olhos do entrevistador.
3. Demonstre interesse.
4. Preze pela pontualidade. Busque chegar, no mínimo, 15 minutos antes do horário agendado. Você pode estar sendo avaliado antes mesmo de começar a entrevista.
5. Pratique boas maneiras, como bom dia, com licença e obrigado. Com bom humor, claro.
6. Leve uma cópia impressa de seu currículo. É possível que solicitem.
7. Desligue o celular antes de começar a entrevista.
8. Busque ficar calmo, evitando ansiedade. Se não der certo, não é o seu fim. Acredite em você e continue em busca novas oportunidades.
9. Algumas caracterísitcas muito buscadas em processos seletivos: competência técnica e habilidades inerentes ao cargo, capacidade de resolver problemas com rapidez, conhecimentos multidisciplinares, criatividade, facilidade de comunicação, bom relacionamento interpessoal, empatia e bom humor.

Faça um planejamento, prepare-se e capriche na entrevista. Sucesso!

..............................................................................................................................

O que consultei:
i) Edição nº 130 da revista Você S/A.
ii) Livro Desvendando os Segredos da Linguagem Corporal, de Allan e Barbara Pease.

Crédito da imagem: khz (Stockxpert.com)

2 comentários:

C£L$O disse...

Quantas dicas interessantes! Valeu Marcílio... Pelo nível que tem apresentado até agora, esse espaço aqui será um sucesso. Valeu cara, parabéns!

Marcilio França disse...

Oi Ceslo. Que assim seja, amigo. É um prazer tê-lo por aqui. Um abraço.